Pesquisar

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Richa repassa novos veículos para universidades e para atendimento social de São Jerônimo da Serra e mais oito municípios


O Governo do Paraná reforçou a frota de veículos das sete universidades estaduais com o repasse de 14 vans para dar suporte às atividades de rotina das instituições e melhorar as condições de deslocamento de professores e alunos em projetos de ensino, pesquisa e extensão. A entrega foi realizada nesta quarta-feira (5) pelo governador Beto Richa. 


Nove veículos entregues para a Secretaria da Família são adaptados para o atendimento a famílias que vivem em comunidades rurais e isoladas. Eles serão enviados para Chopinzinho, Coronel Domingos Soares, Ivaí, Mangueirinha, Prudentópolis, São Jerônimo da Serra, São Miguel do Iguaçu, Tibagi e Turvo. A meta é que 13 mil famílias sejam beneficiadas. Um outro veículo é adaptado para pessoas com deficiência e segue para uso das Residências Inclusivas de Irati. 

A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, afirmou que os veículos são fundamentais para que o programa Família Paranaense chegue aos beneficiários. Geralmente são quilombolas, comunidades indígenas e pequenos agricultores. “Com o veículo adaptado como unidade móvel, podemos chegar a essas comunidades, inseri-las em programas sociais, monitorar e acompanhar. Com isso, não deixamos ninguém de fora das ações”, afirmou. 


A solenidade teve a a presença do diretor de relações governamentais do Grupo Renault, Marcus Vinícius Aguiar; dos reitores das universidades estaduais de Maringá, Mauro Baesso; de Ponta Grossa, Carlos Luciano Sant´Ana Vargas; de Londrina, Berenice Jordão; da Unioeste, Paulo Sérgio Wolff; da Unicentro Aldo Nelson Bona; da Unespar, Antônio Carlos Aleixo, e do Norte do Paraná, Fabiano Costa; dos prefeitos dos municípios contemplados; do secretário estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Bonetti; dos deputados estaduais Marcio Pauliki e Bernardo Carli.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário sobre essa notícia