Pesquisar

Carregando...

terça-feira, 26 de agosto de 2014

São Jerônimo da Serra, 39 pessoas são denunciadas

A "organização criminosa" que agiria na Prefeitura de São Jerônimo da Serra, sob o comando do prefeito Adir dos Santos Leite (PSDB), teria sido responsável por 73 ações criminosas que resultaram no desvio de dinheiro público, segundo denúncia apresentada ontem pelo Ministério Público (MP) do Paraná. Foram denunciados os dois filhos de Adir, Adicarlos e Alisson Leite, a mulher dele, Silvana Soares Leite, os vereadores Isaque Pereira Martins (PPS), José Jacir Sampaio (PSD) e Amarildo Alves Bueno (PR), além de outras 33 pessoas, entre empresários, comerciantes e servidores municipais. 

Desde o início do mandato, Adir manteve familiares em cargos do primeiro escalão e, juntos, teriam planejado as supostas fraudes na administração municipal, "unindo esforços e dividindo tarefas", viabilizando "meios para promover o desvio de recursos públicos". Adicarlos chegou a ocupar o cargo de secretário de Administração até ser exonerado no último dia 6 de agosto; Alisson ocupou o cargo de secretário de Agricultura por três meses no ano passado; e Silvana foi secretária de Assistência Social, até a exoneração no último dia 8 de agosto. 

FORO PRIVILEGIADO
O prefeito, por ter foro privilegiado, deve ser denunciado ao Tribunal de Justiça (TJ) do Paraná, "levando em conta", diz o documento, "as decisões judiciais acolhendo a separação da investigação entre os ora denunciados e o mencionado prefeito". 

De acordo com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do MP, que deflagrou no começo do mês a Operação Sucupira, cumprindo mais de 50 mandados de busca e apreensão e de prisão em São Jerônimo e mais sete cidades, houve autorização judicial para a separação da investigação. 

O promotor de Justiça Jorge Barreto da Costa, que assina a denúncia junto com os promotores Cláudio Esteves e Marcelo Salomão, disse que "assim que surgiram os indícios do envolvimento do prefeito, autoridade que tem foro privilegiado, houve requerimento para a cisão da investigação". A informação é rechaçada pelo advogado Maurício Carneiro. Ele integra a equipe que defende o prefeito e a família, além dos vereadores e servidores denunciados. "Não existe autorização do TJ para essa investigação. Portanto, se desde o início apontaram supostamente a presença do prefeito nos eventuais crimes, as prisões e buscas deveriam ter sido autorizadas pelo TJ." 

Carneiro espera decisão do tribunal sobre habeas corpus em favor de Adicarlos e Alisson, que seguem presos preventivamente, e impetrou também uma reclamação que deve ser analisada pelo Órgão Especial do TJ sobre a competência judicial para a investigação em São Jerônimo da Serra. 

Fraudes
Segundo a denúncia, os supostos crimes foram cometidos a partir de licitações fraudulentas, com o apoio de empresários e comerciantes da cidade e região, que emitiam notas fiscais frias, atestando serviços não prestados. As irregularidades teriam ocorrido na aquisição de combustíveis e peças para a frota da prefeitura, na compra de alimentos e gêneros alimentícios que acabavam desviados em "proveito de particulares", no pagamento por transporte escolar não realizado integralmente, no fornecimento de material gráfico ao Executivo e no fornecimento de marmitex para servidores municipais. 

Vereadores
Os vereadores teriam aceitado "vantagem indevida", oferecida pelo prefeito para manter o apoio político, evitando fiscalizações contra o Executivo. Segundo a denúncia, irregularmente, Adir e familiares, além do tesoureiro da prefeitura Amarildo Bueno, "entregavam, inclusive por intermédio de empresários que cooperavam para os interesses ilícitos da organização, combustíveis, pneus e dinheiro aos aludidos edis". 

O valor do suposto desvio está sendo apurado em auditorias no material apreendido. A reportagem não conseguiu contato com as defesas de todos os denunciados.
Edson Ferreira
Reportagem Local FolhaWeb

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Homem introduz garrafa de 600ml no ânus e vai parar na Santa Casa em Cornélio Procópio !

Rádio Web CP
Um homem, aparentando entre 55 e 60 anos, foi encaminhado, por volta das 23h00, de sábado, 23, até a Santa Casa de Cornélio Procópio, para retirar uma garrafa de 600 ml da região retal.
A informação foi prestada pelo socorrista Val Batista do Samu. Ele disse ainda que foi a primeira vez que atendeu uma ocorrência desta natureza.
“Recebemos o chamado de emergência de um bairro da cidade e, ao chegar no local, nos deparamos com esta cena inusitada. A garrafa inteira havia sido introduzida no reto”, contou.
Questionada, a vítima disse que caiu em cima da garrafa e que estava sentindo dores.
Porém, o homem estava consciente e foi encaminhado até a Santa Casa, sendo entregue à equipe médica de plantão.
“No hospital, houve a tentativa de retirada do objeto sem sucesso, o que, provavelmente, deverá exigir uma intervenção cirúrgica para solucionar o problema”, concluiu Val. 

http://nationalnoticias.blogspot.com.br/

Temporal deixa 26 mil casas sem luz em Londrina

Suzana Giordano/Whatsapp Grupo Folha
Suzana Giordano/Whatsapp Grupo Folha

O forte temporal que caiu sobre Londrina no noite desta segunda-feira (25) deixou aproximadamente 26 mil residências sem energia elétrica a partir das 19h50. 

De acordo com a Copel, pelo menos sete circuitos, a maior parte deles na zona oeste da cidade, apresentaram problemas por causa da chuva. Cada circuito atende entre 2 e 8 mil imóveis. 

Equipes da companhia foram acionadas e percorrerem os bairros para restabelecer a rede de transmissão. Não há previsão de retorno da energia para todos os bairros afetados. 

A região mais atingida foi a do Jardim Bandeirantes, na zona oeste, onde ao menos 7 mil imóveis ficaram sem luz por problemas em dois circuitos que atendem a área. 



O temporal também provocou queda de granizo sobre a cidade. Segundo o Simepar, das 19h às 21h Londrina observou uma queda de 12 graus na temperatura média, passando de 28ºC a 16ºC. O instituto também registrou ventos de até 55 km/h. 

A pancada de chuva melhorou a umidade relativa do ar. Até as 19h, o índice rondava a casa dos 40%, mas atingiu os 85% por volta das 21h. Graças ao temporal, o clima deverá ficar menos seco nos próximos dias, reduzindo a incidência de problemas respiratórios entre a população. 

A previsão para esta terça-feira (26) é de chuva durante a manhã e a tarde. A temperatura mínima fica nos 12ºC, enquanto a máxima deve atingir os 21ºC.

Redação Bonde

No Paraná, Beto Richa tem 43%, Requião, 26%, e Gleisi, 14%, diz Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (25) aponta Beto Richa (PSDB) com 43% das intenções de voto para o governo do Paraná, seguido de Requião (PMDB), com 26%, Gleisi Hoffmann (PT), com 14%, e Tulio Bandeira (PTC), com 1%. Esta é primeira pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto sobre a eleição estadual após o registro das candidaturas.
A pesquisa foi encomendada pela RPC TV.
Os candidatos Bernardo Pilotto (PSOL), Geonisio Marinho (PRTB), Ogier Buchi (PRP) e Rodrigo Tomazini (PSTU) somaram, juntos, 1%. Brancos e nulos somaram 8%, e 7% não responderam.
Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):
Beto Richa (PSDB) – 43% das intenções de voto
Requião (PMDB) – 26%
Gleisi Hoffmann (PT) –14%
Tulio Bandeira (PTC) – 1%
Outros com menos de 1% - 1%
Brancos e nulos - 8%
Não sabe ou não respondeu - 7%

Rejeição
O Ibope também pesquisou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Confira abaixo:

- Requião: 30%
- Beto Richa: 20%
- Gleisi Hoffmann: 20%
- Tulio Bandeira: 8%
- Bernardo Pilotto: 7%
- Geonisio Marinho: 6%
- Ogier Buchi: 6%
- Rodrigo Tomazini: 6%
- Poderia votar em todos: 10%
- Não sabe ou não respondeu: 18%

A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 23 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 59 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00411/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR- 00411/2014.
Do G1 Pr

domingo, 24 de agosto de 2014

Criança é ejetada de automóvel em acidente que deixou mais três pessoas feridas na PR 160



Na tarde de domingo (24), por volta das 15h, socorristas do SIATE e SAMU de Cornélio Procópio se mobilizaram para atenderem quatro vítimas de um grave acidente, do tipo capotamento, ocorrido na PR 160, na saída para Leópolis.
De acordo com o Sgt. Noel do SIATE, no local foram encontrados os ocupantes já fora do automóvel que se encontrava tombado ao lado da rodovia, sendo eles o motorista, a esposa, uma jovem de treze anos e uma criança de oito anos de idade.
Segundo Noel, a criança foi arremessada do interior do veículo durante o acidente, sofrendo fraturas múltiplas, inclusive traumatismo craniano. A vítima foi atendida pela equipe médica do SAMU e precisou ser entubada.
A princípio a criança foi encaminhada para a Santa Casa de Cornélio Procópio, mas o médico responsável pela atendimento já estudava uma possível transferência da vítima via helicóptero do GRAER para um hospital especializado de Londrina devido ao seu estado grave, revelou o Sgt. Noel.
As demais vítimas apresentavam contusões e escoriações e receberam atendimento de socorro da equipe do SIATE.
A senhora que acompanhava o motorista estava em estado de desespero ao ver a sua filha em uma situação muito delicada sendo atendida pelo agentes do SAMU e precisou de uma atenção especial.
O motorista, de nome Paulo, apresentava certa sonolência, permanecendo sentado ao lado do carro se mostrando muito preocupado e calado. Em determinado momento, durante o atendimento mencionou que tentou desviar de algo, mas não soube precisar do que se tratava, informou Noel.
Chamou a atenção os ferimentos da jovem de 13 anos, com cortes nas pernas, um ferimento profundo na cabeça e escoriações nas costas, como se estivesse deslizado na pista, aparentando também ter sido jogada para fora do carro, mas o fato não foi confirmado.
O grupo se encaminhava para Cornélio Procópio após passarem a manhã e parte da tarde em um pesqueiro na região de Leópolis, segundo informações.
O motorista, a senhora e a adolescente foram imobilizados e como a criança, levados para irmandade hospitalar procopense, sem perigo de morte.
Para o Sgt. Noel, possivelmente a criança não estava presa ao cinto de segurança ou não usava o equipamento necessário, caso contrário não seria ejetada do veículo como ocorreu, mas o caso ainda deve ser investigado.
Noel salientou que a central do Corpo de Bombeiros foi acionada enquanto os membros da corporação apagavam um incêndio ambiental, apontando para o fato do grupo ainda perder tempo pela ação de um irresponsável que resolveu colocar fogo em algum matagal, justamente nesta época de tempo seco, prejudicando o atendimento para quem precisa de socorro e isto é lamentável.

Com informações; Anuncifacil.com.br

Presos jogam reféns de telhado de penitenciária no PR


Pelo menos dois presos foram decapitados durante rebelião deste domingo, 24, na PEC(Penitenciária Estadual de Cascavel), no Oeste do Paraná. De acordo com a PM (Polícia Militar), há vários presos feridos e dois agentes penitenciários foram feitos reféns pelos detentos. Até as 17 de deste domingo, 24, uma equipe especial da PM negociava com os líderes dos amotinados para o fim da rebelião.

Quatro detentos foram espancados, amarrados e arremessados do telhado da penitenciária. Eles caíram de uma altura de 15 metros. Os feridos permaneceram no local por várias horas até que a equipe de socorristas do Siate do Corpo de Bombeiros teve acesso para atendê-los.

Um deles foi levado em estado grave para o Hospital Universitário. O Depen (Departamento Penitenciário) informou que um dos mortos é um ex-policial civil que estava preso por comandar um esquema de furto e desvio de peças de veículos apreendidos que ficavam no pátio 15ª Subdivisão Policial de Cascavel. As negociações com os líderes da rebelião estão sendo feita pelo diretor do Depen, Cezinando Paredes.

Eleições vão custar R$ 27 milhões no Paraná

As eleições gerais de 5 de outubro no Paraná vão custar R$ 27 milhões, incluindo eventual segundo turno, afirmou ontem o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Edson Vidal Pinto, em entrevista coletiva em Londrina. Isso significa que o voto de cada um dos 7.865.949 eleitores do Estado vai custar R$ 1,71 por tuno de votação. 

Vidal Pinto disse que no cálculo estão incluídos gastos com aquisição e manutenção de urnas, transporte, correios, mesários, alimentação e "tudo o que envolve a eleição". "Ainda assim é uma das eleições mais baratas entre todos os estados do País, o que se deve a vários fatores, como, por exemplo, a facilidade do transporte e pouca distância entre os locais de votação", declarou. Nas últimas eleições, o custo foi de R$ 24 milhões, informou a assessora de comunicação do TRE. 

Em razão do "alto custo", disse o desembargador, "os eleitores devem exercer seu direito de voto com consciência". "O custo é alto e o voto tem que ser consciente. Não dá para se omitir, deixando de votar, votando em branco ou anulando seu voto. Isso é um desserviço ao País e à democracia", opinou. 

O presidente do TRE também fez uma avaliação sobre "exageros" cometidos pelos candidatos durante a campanha. Disse que entre sete e oito representações têm sido protocoladas por dia no TRE com objetivo de coibir possíveis abusos. "Não é um número muito elevado já que ainda estamos no início do processo. Por enquanto, não estamos vendo nenhum exagero acentuado. São mais troca de palavras entre os candidatos", avaliou. 

O desembargador comentou ainda sobre o número de impugnações de candidatos no Estado: o TRE indeferiu o registro de 131 candidaturas, o que corresponde a pouco mais de 10% dos inscritos. Para ele, alguns partidos ainda estão desorganizados e lançam candidatos sem condições de concorrer e outros, algumas vezes, ignoram a situação. "Pode até ser uma surpresa para o partido a impugnação de determinado candidato."
Loriane Comeli
Reportagem Local FolhaWeb