Pesquisar

Carregando...

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

CONHEÇAM AS CANDIDATAS A RAINHA DO RODEIO DE SÃO JERÔNIMO DA SERRA

Candidata: Bianca Rodrigues
PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - SEMENTES VEDOVATI
2 - EMPÓRIO VARASQUIM 
3 - GEL CABELEIREIRA










Candidata: Ellen Oliveira
PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - MINASGÁS (ZÉ MORTADELA)
2 - GRUPO SANTOS - FUNESPLAN E FUNERÁRIA 
3 - ESCRITÓRIO CONTÁBIL (OSMAR E JUNIOR)









Candidata: Thiely Mayumi Sato
PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - MERCEARIA TIXILISKI
2 - SALÃO LA BELLA DONNA (ZIZI)
3 - RESTAURANTE E LANCHONETE OBA OBA










PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - ADVOCACIA NAMUR
2 - SEMENTES VEDOVATI 
3 - CLODOALDO LANCHONETE










PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - JULIANA (MAXICAR AUTO CENTER)
2 - ACADEMIA LEIKO FITNESS 
3 - DRª ALINE COSTA (CLINICA ODONTO 
COSTA)









Candidata: Leticia Perusso
PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - K-PRICHO MODAS
2 - PÉ PIZZA CALÇADOS 
3 - AGRONORTE AGROPECUÁRIA











Candidata: Diana Bernardes
PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - POUSADA DA SERRA
2 - AGROPECUÁRIA MITACORÉ 
3 - LOJA PONTO DA MODA









PATROCINADORES OFICIAIS:
1 - MARQUINHOS DO TÁXI
2 - LOJA DA NANA 
3 - VEREADOR ALCIDES GABRIEL












Obs.: Fotos oficiais do evento, validas para quesito MISS POPULARIDADE. A pontuação é valida através de quem obter mais curtidas. Sera levado em conta também os critérios de VENDA DE MESAS e CONVITES e participações nos PIT STOP´S.

Copa Amunop retorna após jejum de oito anos

Com uma média de cinco gols por partida, teve início no último fim de semana a Copa Amunop de Futebol Amador. Promovida pela Associação dos Municípios do Norte do Paraná, a competição reúne 16 equipes formadas exclusivamente por atletas dos municípios da região. A movimentada rodada teve 35 gols em sete partidas, todas realizadas no domingo. A maior goleada ocorreu em Assaí, onde a equipe local goleou o time de Sertaneja, pelo placar de 10 a 2. Segundo o coordenador geral da Copa, Nilson Xavier, prefeito de Nova Fátima, os resultados da primeira rodada demonstraram que o certame será muito competitivo. Apenas uma partida foi transferida para o dia 7 setembro. Uraí e Itambaracá não jogaram nesta rodada e o jogo será realizado no feriado, em Uraí. 

Durante a solenidade de abertura, realizada em Leópolis, a presidente da Amunop, Clea Márcia Bernardo Oliveira, ressaltou a integração dos municípios neste campeonato. Clea Oliveira afirmou que o esporte une as pessoas, as cidades e os países, e o futebol representa essa integração. "Estamos promovendo competições nas cidades que participam desta copa de futebol, resgatada depois de oito anos para levar entretenimento e lazer a nossas comunidades. E pelos resultados desta primeira rodada, a competição será muito difícil", avalia a presidente da Amunop. 

O chefe do Núcleo Regional de Esportes de Cornélio Procópio, Silvio Cunha, confirmou a premiação da Copa Amunop pela Secretaria Estadual de Esportes. Ele representou o secretário Douglas Fabrício na abertura oficial da competição. Os demais resultados da primeira rodada da Copa Amunop de Futebol foram Santo Antônio do Paraíso 2 x 3 Cornélio Procópio; Santa Mariana 2 x 1 Nova Fátima; Leópolis 1 x 2 Santa Amélia; Sapopema 1 x 1 Nova Santa Barbara; São Sebastião da Amoreira 4 x 2 Uraí; e Santa Cecília do Pavão 2 x 2 Nova América da Colina. 

PRÓXIMA RODADA

A segunda rodada da Copa Amunop de Futebol será realizada nos próximos dias 6 e 7 de setembro. A tabela aponta partidas entre Cornélio Procópio x Santa Cecília do Pavão, Nova América da Colina x Santo Antônio do Paraíso, Nova Santa Bárbara x Leópolis, Santa Amélia x Sapopema, Nova Fátima x Assaí, Sertaneja x Santa Mariana, Itambaracá x Rancho Alegre, e São Sebastião de Amoreira x Uraí. No dia 7, jogam Uraí e Itambaracá.
Marcos André de Brito
Especial para a FOLHA

Pai devolve dinheiro que filho roubou de professora

Após descobrir que o filho de 17 anos havia roubado uma professora, o técnico em enfermagem Alcides Rodrigues dos Santos, de 61 anos, decidiu procurar a delegacia e devolver o dinheiro, em Presidente Prudente, interior de São Paulo. Ele achou R$ 1.275 mil na mochila do filho e pressionou o rapaz, que acabou confessando ter assaltado a professora Virlene de Andrade Teixeira, de 51 anos, na segunda-feira (31) após ela sacar R$ 1,5 mil em um caixa eletrônico. 

Segundo o delegado assistente da Delegacia Seccional, Antenor Pavarina, o pai foi com o filho, que é estudante e não trabalha, à delegacia, e o rapaz foi apreendido. Lá, Santos encontrou a professora e devolveu o dinheiro. 

O estudante gastou R$ 225 do valor roubado para comprar maconha e comida. A Vara da Infância e da Juventude analisa o caso. O menor pode ser enviado novamente para a Fundação Casa, de Irapuru, de onde saiu há dois meses.

Agência Estado

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Indígena embriagado mata mulher a pauladas em aldeia

Um indígena teria matado a mulher a pauladas após uma discussão na aldeia Amambai, no município de Amambai, distante à 332 km de Campo Grande, na noite de domingo (30). 
O desentendimento ocorreu depois de a esposa ter visto o marido com outra mulher.
Conforme o registro policial, os dois participavam de uma festa na aldeia e teriam ingerido bebida alcoólica. Durante a briga, a mulher teria atingido o rosto do marido com golpes de lanterna.
A polícia informou ainda que o suspeito avisou a cunhada que sua mulher estaria caída e ferida por volta das 6h (de MS) desta segunda-feira (31).
Segundo a polícia, após ser indagado sobre a morte da mulher, ele confessou ter pego o pau e desferiu vários golpes na cabeça da vítima depois dela ter ferido o rosto dele com a lanterna. 
Após ser atingida, ela teria andado cerca de 50 metros e caído já morta.
O corpo, pedaço de pau (galho) e um par de botas encontrado com sangue foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Porã, a 326 quilômetros da capital sul-mato-grossense.
O caso foi registrado como feminicídio, violência doméstica e familiar na Delegacia de Polícia (DP) de Amambai.

G1

Secretário municipal é preso pelo Gaeco nesta manhã no Paraná

O Ministério Público do Paraná, por meio do Gaeco de Foz do Iguaçu, no oeste paranaense, cumpriu na manhã desta terça-feira (1º) quatro mandados de prisão preventiva e dois mandados de busca e apreensão em um desdobramento de uma operação que teve início em maio deste ano. As investigações apuram crimes de corrupção e falsificação de documentos (especialmente para transferência fraudulenta de imóveis e redução de impostos). 

Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos contra o atual secretário municipal de Tecnologia de Informação de Foz do Iguaçu, Melquizedeque Correa Souza, um funcionário de um cartório de registro de notas da cidade e outras duas pessoas (uma delas já estava cumprindo prisão temporária). 

Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos no gabinete do secretário e na casa dele. Foram apreendidos documentos, computadores, que serão analisados, e valores em dinheiro e cheque, cujas origens serão investigadas.

Redação Bonde com MP-PR

Brasil reduziu vulnerabilidade social em 27%, mas continua desigual, diz Ipea

O Brasil registrou, em dez anos, queda de 27% no índice de Vulnerabilidade Social (IVS), segundo estudo divulgado nesta terça-feira, 1º, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O indicador que mede a exclusão social na população brasileira caiu de 0,446, em 2000, para 0,362 em 2010. Com o resultado, o Brasil não é considerado mais um país de alta vulnerabilidade social, mas média. 

No entanto, o estudo mostra que o país continua com um quadro de "disparidades regionais", com as regiões Norte e Nordeste concentrando a maior parte dos municípios de alta vulnerabilidade social. 

O índice é construído a partir de indicadores do Atlas do Desenvolvimento Humano (ADH) no Brasil e dá destaque a diferentes situações indicativas de exclusão e vulnerabilidade social. O indicador reúne 16 parâmetros, que podem ser divididos em três áreas: infraestrutura urbana, capital humano e renda e trabalho. O levantamento foi feito nos 5.565 municípios brasileiros. 

Em dez anos, o número de municípios brasileiros com alta ou muito alta vulnerabilidade social caiu de 3.610 para 1.981. Em 2000, 64% das cidades estavam nas faixas de alta ou muita alta vulnerabilidade. Em 2010, esse percentual caiu para 35%. De acordo com o Ipea, a melhora nos índices foi maior em estados das regiões Centro-Oeste (Mato Grosso do Sul), Norte (Tocantins) e Nordeste (com destaque para o sul da Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte e leste de Pernambuco). 

Desigualdades regionais. De acordo com o estudo, a maior concentração de municípios com alta vunerabilidade continua sendo registrada nos estados do Acre, Amazonas, Pará, Amapá, Rondônia, Maranhão, Alagoas e Pernambuco. Na região Norte do país, por exemplo, nenhum município apresenta índice muito baixo de vulnerabilidade.
Agência Estado

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Com chefes de núcleos regionais, Beto Richa faz balanço e destaca futuras ações no Paraná

O governador Beto Richa se reuniu nesta segunda-feira, em Curitiba, com cerca de 350 chefes de núcleos regionais do Governo do Estado para fazer um balanço da gestão e discutir o planejamento para os próximos anos. Beto Richa disse que o sucesso do governo depende da união de todos e que apesar dos resultados positivos das medidas de ajuste fiscal, é preciso manter austeridade no planejamento das ações. Em tom otimista, o governador ressaltou que o Paraná foi o primeiro Estado a fazer o ajuste fiscal e que será o primeiro a sair da crise. De acordo com ele, a recomposição de alíquota de impostos, como ICMS e IPVA, a redução das estruturas de cinco secretarias e o corte de mil cargos em comissão contribuíram para o ajuste do Estado. Beto Richa destacou ainda que o Paraná está conseguindo equilibrar as contas em um momento em que outros Estados ainda estão tentando driblar as dificuldades financeiras. Atualmente seis estados não estão conseguindo honrar as folhas de pagamento. O secretário chefe da Casa Civil, Eduardo Sciarra, explicou que o encontro com os chefes de núcleos regionais teve o objetivo de fazer um raio x das ações do governo estadual e alinhar as estratégias. Esse é o maior evento do gênero já realizado no Estado, com participação dos secretários e de representantes de núcleos regionais da Educação, Saúde, Desenvolvimento Urbano, e de órgãos como Departamento de Estrada de Rodagem e Instituto Ambiental do Paraná. A secretária da Administração e da Previdência, Dinorah Botto Portugal Nogara, ressaltou que o evento ajuda a ter uma visão de unidade de gestão. Para o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Júnior, trata-se de uma oportunidade para trocar ideias. Ao fazer um balanço do governo nos últimos quatro anos e meio, entre as ações com grande impacto social, o governador lembrou o recorde na entrega de casas populares, nos primeiros quatro anos de gestão, os investimentos na contratação de 24 mil professores e 10 mil policiais, e o reajuste de 62% nos salários dos professores. 

(Repórter: Priscila Paganotto)